Escolha uma Página

Marinha americana revela documentos sobre OVNIs

Em 6 de julho de 2019, Walker escreveu uma carta à Marinha dos EUA solicitando respostas sobre avistamentos de objetos voadores não identificados (OVNIs) e, em particular, casos de alto perfil, como o incidente do USS Nimitz.

Uma resposta, que foi enviada originalmente a Walker, em 31 de julho, pelo então subsecretário da Marinha, Thomas Modly, agora foi totalmente divulgada ao público.

Modly escreveu:

Houve vários relatos de aeronaves não autorizadas e/ou não identificadas entrando em várias faixas de treinamento controladas por militares e no espaço aéreo designado nos últimos anos.

O Departamento da Marinha (de sigla em inglês DON) leva esses relatórios muito a sério e continua registrando avistamentos e investigando completamente os relatos.

A ampla proliferação e disponibilidade de sistemas aéreos não tripulados (de sigla em inglês UAS – para “Unmanned aerial systems”) de baixo custo tornaram cada vez mais o conflito de espaço aéreo um problema para nossos aviadores.

As tripulações navais receberam orientações de relatórios para determinar a frequência e a localização dos UAS operando nas áreas de treinamento.

A orientação apoia análises objetivas, baseadas em dados, de incursões. O DON continua a dedicar recursos ao rastreamento e investigação de relatórios que podem afetar a segurança de nossas tripulações aéreas.

A carta parece evitar qualquer menção ao incidente com o USS Nimitz ou outros casos de OVNI bem divulgados e, em vez disso, enfoca as preocupações colocadas pelos drones aéreos não tripulados convencionais.

Walker disse ao site Politico:

Embora eu esteja encorajado, pelo fato de que o Subsecretário da Marinha confirmou que os encontros com UAPs [mesma coisa que OVNIs] são totalmente investigados, há uma frustração com a falta de respostas a perguntas específicas sobre a ameaça que aeronaves superiores que voam no espaço aéreo dos Estados Unidos podem representar.

Embora pareça altamente improvável que a Marinha dos EUA não esteja investigando ativamente esses incidentes, parece

igualmente improvável que algum dia os discuta abertamente, mesmo com membros do Congresso.

Confira nossa agenda 2020 atualizada!

Assista alguns vídeos de nosso canal!

A

Vídeo novo no canal. Assista agora mesmo!

Nossos parceiros

Nos siga nas redes sociais ou entre em contato conosco!

(51) 99924.5300

grafitecom@gmail.com

Seja sócio-contribuinte da Fraternidade
Mandar mensagem via WhatsApp