Café com Ufos
 
Livros - Lançamentos e Dicas de Leitura
 
Entrevistas com Autores
 
Fotos de OVNIs
 
Casos Ufológicos
 
Galeria de Fotos
 
Vídeos Ufológicos
 
 
 
Clima
 
Fundamentos da Doutrina Espírita

A doutrina tem como fundamentos a imortalidade da alma, a comunicação com os espíritos e a multiplicidade das existências (reencarnação).

Quanto à imortalidade da alma ou do espírito, em todas as culturas religiosas de todos os povos que habitam o planeta, essa crença é uma constante; não se conhece nenhuma cultura, em qualquer época da história, em qualquer lugar da Terra que contrarie essa crença.

A comunicação com os espíritos dos ancestrais também sempre foi uma prática largamente utilizada, principalmente na área da saúde, muito antes da medicina existir. A Doutrina Espírita nada mais fez do que desmistificar tais ocorrências, removendo o véu de mistério que sempre envolveu o chamado "mundo oculto". As revelações e profecias contidas na Bíblia, no Alcorão e outros livros antigos, nada mais são do que comunicações do plano espiritual com os homens e, portanto, todas elas sujeitas a nossa análise crítica e jamais à nossa obediência cega.

Por último, o fundamento da multiplicidade das existências ou reencarnação também é um conceito muito antigo; bem antes de Cristo os orientais já acreditavam na chamada "roda das existências", onde o espírito reencarna tantas vezes quantas forem necessárias para o seu aprendizado.

"Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei" (Allan Kardec). Essa frase encerra o princípio básico que norteia nossas vidas. Enquanto que o corpo é herança genética de nossos pais, o espírito, ou seja, a nossa verdadeira essência, é fruto de um processo evolutivo ao longo de milênios, onde a cada nova encarnação obtemos a oportunidade de crescer e reformular o nosso modo de viver, pela construção de uma nova personalidade.

Quem busca na Doutrina Espírita o caminho fácil para debelar suas mazelas ou mesmo revelações transcendentais sobre alguma verdade oculta, cedo vai se decepcionar; a essência da moral espírita em nada difere daquela já revelada no passado remoto, por seres que aqui estiveram em missão, como Buda ou Cristo. A diferença é que para pôr em prática os conceitos espíritas no seu dia-a-dia não é necessário que você siga algum sábio "guru" ou creia em dogmas de fé. O entendimento da doutrina é feito pelo uso do raciocínio lógico daí o termo "fé raciocinada" , enquanto que a internalização desses conceitos no coração do homem está intimamente ligado a nossa pureza de sentimentos. Somente a migração dos conceitos (na mente) em sentimentos (no coração) será capaz de nos transformar em seres melhores e mais felizes.

 
 
+ Espiritismo
 
 
grafitecom@gmail.com | (51) 3249.3700 – 99924.5300