Café com Ufos
 
Livros - Lançamentos e Dicas de Leitura
 
Entrevistas com Autores
 
Fotos de OVNIs
 
Casos Ufológicos
 
Galeria de Fotos
 
Vídeos Ufológicos
 
 
 
 
Clima
 
 
O caso Haroldo Westendorff
* Clique na imagem, para ampliá-la.

Representação do UFO sob o ponto de vista do piloto.

 

Em 05 de outubro de 1996, o empresário e piloto Haroldo Westendorff pilotava um monomotor Tupy (prefixo PT-NTH) sobre a Lagoa dos Patos, nas proximidades da cidade de São José do Norte (RS).

Naquele dia o céu estava limpo e ensolarado, com nuvens esparsas permitindo um voo com muita visibilidade. Por volta das 10 da manhã o piloto estava a uma altitude de 1.800 metros, sobrevoando a região da Ilha de Saragonha, quando deparou-se com um com gigantesco objeto que sobrevoava a região. Segundo o piloto, o objeto teria o tamanho de um estádio de futebol e aproximadamente 50 metros de altura. Era de formato piramidal, com oito lados. Em cada um dos lados havia três domos salientes. O piloto acompanhou o estranho objeto por aproximadamente 12 minutos.

O objeto, que girava em torno de seu próprio eixo, seguia lentamente em direção ao mar. Um dos momentos mais marcantes da experiência foi quando abriu-se uma escotilha no alto do objeto, de onde saíram 3 objetos discoides. Os objetos saíram na posição vertical, inclinaram-se e desapareceram rapidamente. Neste instante, Haroldo manobrou o avião para visualizar o interior do objeto. Foi quando o objeto maior começou a emitir raios avermelhados, fazendo com que o piloto manobrasse e se afastasse uns 200 metros do objeto. Logo após, a nave começou a elevar-se em grande velocidade.

Durante o contato, o piloto conversou com familiares, relatando o evento, e com a sala de controle da Infraero, no aeroporto de Pelotas (RS). Airton Mendes da Silva, Jorge Renato Dutra e Gilberto Martins puderam confirmar visualmente o objeto. O piloto também comunicou-se com o CINDACTA 2, em Curitiba (PR), relatando o evento e solicitando informações. Os operadores no CINDACTA negaram que o objeto estivesse sendo captado.

Haroldo Westendorff é piloto deste os anos 70, tendo brevê desde os 19 anos. Além disso, é bicampeão brasileiro de acrobacias.

 

Fonte: Portal Fenomenum

 
 
 
 
grafitecom@gmail.com | (51) 3249.3700 – 99924.5300