Café com Ufos
 
Livros - Lançamentos e Dicas de Leitura
 
Entrevistas com Autores
 
Fotos de OVNIs
 
Casos Ufológicos
 
Galeria de Fotos
 
Vídeos Ufológicos
 
 
 
 
Clima
 
 
Estudo comprova que rocha lunar é oriunda da Terra
* Clique na imagem, para ampliá-la.

Amostra de rocha lunar recolhida pela missão Apollo 14.
Crédito: NASA

 

Investigadores da Universidade Curtin (Austrália) que estudavam amostras de rochas lunares recuperadas por astronautas há quase 50 anos descobriram que uma das amostras pode ser originalmente da Terra, lançada para o espaço quando um asteroide atingiu o nosso planeta há bilhões de anos.

O artigo, publicado na revista científica Earth and Planetary Science Letters, divulga que uma amostra recolhida durante a missão da Apollo 14, em 1971, contém vestígios de minerais com uma composição química comum na Terra, mas muito invulgar para a Lua.

A amostra foi emprestada à Universidade Curtin pela NASA, onde foi investigada em cooperação com cientistas do Museu Sueco de História Natural, da Universidade Nacional Australiana e do Instituto Lunar e Planetário em Houston, EUA.

O professor Alexander Nemchin, autor do artigo, disse que a amostra de 1,8 grama apresenta uma mineralogia semelhante à de um granito, o que é extremamente raro na Lua, mas comum na Terra.

"A amostra também contém quartzo, que é um achado ainda mais raro na Lua," comenta o professor Nemchin.

"Ao determinar a idade do zircão encontrado na amostra, conseguimos identificar a idade da rocha hospedeira - cerca de 4 bilhões de anos, tornando-a similar às rochas mais antigas da Terra."

"Além disso, a química do zircão nesta amostra é muito diferente da de qualquer outro grão de zircão já analisado em amostras lunares e notavelmente semelhante à dos encontrados na Terra."

O professor Nemchin realça que a química do zircão na amostra lunar indica que se formou a baixas temperaturas e provavelmente na presença de água e em condições oxidadas, tornando-a característica da Terra e altamente irregular para a Lua.

"É possível que algumas dessas condições invulgares possam ter ocorrido muito localmente e muito brevemente na Lua, e a amostra é o resultado desse breve desvio da normalidade," acrescentou.

"No entanto, uma explicação mais simples é que esta rocha foi formada na Terra e trazida para a superfície da Lua como um meteorito gerado pelo impacto de um asteroide que atingiu o nosso planeta há 4 bilhões de anos, lançando material para o espaço e para a Lua.

"Impactos posteriores na Lua teriam misturado as rochas da Terra com as rochas lunares, incluindo no local da alunagem da Apollo 14, onde foi recolhida pelos astronautas e levada de volta para a Terra."

 
 
+ Notícias
 
 
grafitecom@gmail.com | (51) 3249.3700 – 99924.5300