Café com Ufos
 
Livros - Lançamentos e Dicas de Leitura
 
Entrevistas com Autores
 
Fotos de OVNIs
 
Casos Ufológicos
 
Galeria de Fotos
 
Vídeos Ufológicos
 
 
 
 
Clima
 
 
Cientistas estão mais convencidos de que Marte já abrigou vida
* Clique na imagem, para ampliá-la.

O Opportunity Rover, que está na superfície de Marte há 15 anos. (Via JPL / NASA)

 

Talvez fosse natural que ficássemos fascinados com Marte, já que está localizado tão perto da Terra. Mas é realmente possível que alguma vez tenha existido vida no Planeta Vermelho?

Está começando a parecer que a resposta é um enfático sim.

Sabemos há anos que havia água em Marte, mas que por si só não é o suficiente para provar que havia vida:
A existência de água líquida em Marte, sozinha, não garantiria que fosse habitado. De fato, durante muito tempo acreditou-se que a água superficial em Marte teria sido altamente ácida e, portanto, incapaz de suportar criaturas vivas.

Mas uma descoberta da NASA em 2013 foi o que convenceu muitos pesquisadores de que realmente havia vida em Marte:
Uma... descoberta pelo jipe-sonda Opportunity da NASA provou que pelo menos parte da água que atravessava a superfície de Marte nos tempos antigos tinha um pH neutro, o que significa que era benigna e podia ser consumida. Esta foi uma descoberta extremamente significativa do Opportunity, já que provou que a qualidade da água em Marte no passado distante não teria sido uma barreira para a evolução e desenvolvimento de espécies vivas.

Steve Squyres, um professor da Universidade de Cornell que foi o principal investigador do projeto Opportunity, explica a importância dos dados de 2013:
Esta é a água que você pode beber. Esta é a água que provavelmente era muito mais favorável em sua química, em seu pH, em seus níveis de acidez ... para o tipo de química que poderia levar à origem da vida.

É claro que a água não prova definitivamente que havia vida há bilhões de anos em Marte. Mas sugere que a busca contínua de evidências fósseis ou mesmo de organismos vivos vale mesmo a pena, apesar do que alguns críticos podem acreditar.

Tudo isso levanta outra questão: se havia vida em Marte, como era? Isso também é assunto de especulação, mas o que sabemos sobre o planeta nos permite fazer algumas hipóteses razoáveis:
As primeiras formas de vida na Terra surgiram por volta de 4,1 ou 4,2 bilhões de anos atrás. Depois disso, outros 1,5 bilhões de anos levaram os micro-organismos a desenvolver a capacidade de sobreviver em terra. A evolução em terra e no mar prosseguiu lentamente a partir desse ponto: foram necessários aproximadamente dois bilhões de anos para o desenvolvimento de plantas e animais terrestres (o que é menos de 800 milhões de anos atrás).

Se presumirmos um curso similar de evolução para Marte, parece claro que a vida nunca teria tido a chance de evoluir para além de um nível primitivo e sem sofisticação. O evento devastador que destruiu a espessa atmosfera de Marte teria parado a evolução em suas trilhas, concedendo à vida nenhuma chance de dar mais passos.

Mas mesmo a vida primitiva nos diz que nem sempre estivemos sozinhos no sistema solar. De fato, parece que a vida já foi sustentável em Marte e pode ser novamente um dia para todos que conhecemos. Isso em si mesmo é motivo de celebração, mesmo porque sugere que também podemos encontrar outros sinais de vida em outros planetas.

 

Fonte: ovnihoje.com

 
 
+ Notícias
 
 
grafitecom@gmail.com | (51) 3249.3700 – 99924.5300