Café com Ufos
 
Livros - Lançamentos e Dicas de Leitura
 
Entrevistas com Autores
 
Fotos de OVNIs
 
Casos Ufológicos
 
Galeria de Fotos
 
Vídeos Ufológicos
 
 
 
 
Clima
 
 
Astrônomos descobrem planeta anão Hígia, menor do Sistema Solar
* Clique na imagem, para ampliá-la.

Uma nova imagem SPHERE/VLT de Hígia, que pode muito bem ser o menor planeta anão do Sistema Solar conhecido até hoje.
Crédito: ESO/P. Vernazza et al./algoritmo MISTRAL (ONERA/CNRS)

 

Com o auxílio do instrumento SPHERE, montado no VLT (Very Large Telescope) do ESO, os astrônomos revelaram que o asteroide Hígia pode ser classificado como planeta anão. Este objeto é o quarto maior do cinturão de asteroides, depois de Ceres, Vesta e Pallas, e pela primeira vez foram feitas observações com resolução suficiente para estudar a sua superfície e determinar a sua forma e tamanho. Os astrônomos descobriram que Hígia é um asteroide esférico, podendo potencialmente destronar Ceres da sua posição de menor planeta anão do Sistema Solar.

Tal como os objetos do cinturão principal de asteroides, Hígia preenche três dos quatro critérios necessários para ser classificado como planeta anão: orbita em torno do Sol, não é satélite de nenhum planeta e, contrariamente aos planetas, não "limpou" o espaço em torno da sua órbita. O último critério diz que tem que ter massa suficiente para que a sua gravidade lhe permita ter uma forma mais ou menos esférica. Foi isto que as observações obtidas com o VLT revelaram agora sobre Hígia.

"Graças à capacidade única do instrumento SPHERE montado no VLT, um dos mais poderosos sistemas de imagens astronômicas do mundo, pudemos resolver a forma de Hígia, a qual se revelou ser praticamente esférica," disse o investigador principal deste estudo, Pierre Vernazza, do Laboratoire d'Astrophysique de Marseille, em França. "Graças a estas imagens novas, Hígia pôde ser reclassificado como planeta anão, até agora o menor do Sistema Solar."

A equipe utilizou também as observações SPHERE para determinar o tamanho de Hígia, colocando o seu diâmetro a pouco mais de 430 km. Plutão, o mais famoso dos planetas anões, tem um diâmetro de cerca de 2.400 km, enquanto Ceres apresenta cerca de 950 km de diâmetro.

Surpreendentemente, as observações revelaram também que Hígia não apresenta a enorme cratera de impacto que os cientistas esperavam ver na sua superfície, tal como descrito no artigo científico que a equipe publicou na revista Nature Astronomy. Hígia é o membro principal de uma das maiores famílias de asteroides, a qual é composta por cerca de 7.000 membros, todos com origem no mesmo corpo celeste. Os astrônomos esperavam que o evento que levou à formação desta família numerosa tivesse deixado uma marca profunda e imensa em Hígia.

 
 
+ Notícias
 
 
grafitecom@gmail.com | (51) 3249.3700 – 99924.5300