Café com Ufos
 
Livros - Lançamentos e Dicas de Leitura
 
Entrevistas com Autores
 
Fotos de OVNIs
 
Casos Ufológicos
 
Galeria de Fotos
 
Vídeos Ufológicos
 
 
 
 
Clima
 
 
Objeto de Hoag: uma galáxia anular quase perfeita
* Clique na imagem, para ampliá-la.

Crédito: NASA, ESA, Hubble

 

Esta é uma galáxia ou duas? Esta pergunta veio à tona em 1950, quando o astrônomo Arthur Hoag se deparou com este objeto extragaláctico incomum. Do lado de fora temos um anel dominado por estrelas azuis brilhantes, enquanto perto do centro fica uma bola de estrelas muito mais vermelhas, provavelmente bem mais velhas. Entre as duas partes existe uma lacuna que parece quase completamente escura.

Como o Objeto de Hoag se formou, incluindo o seu anel perfeitamente redondo de estrelas e gás, permanece desconhecido. As hipóteses de gênese incluem uma colisão galáctica há bilhões de anos e o efeito gravitacional de uma barra central que desapareceu desde então. A imagem em destaque foi obtida pelo Telescópio Espacial Hubble e reprocessada recentemente usando um algoritmo de remoção de ruído artificialmente inteligente.

As observações no rádio indicam que o Objeto de Hoag não detectou uma galáxia menor nos últimos um bilhão de anos. O Objeto de Hoag abrange cerca de 100.000 anos-luz e situa-se a mais ou menos 600 milhões de anos-luz de distância na direção da constelação de Serpente. Para a direita são visíveis muitas galáxias de fundo, enquanto, coincidentemente, visível na lacuna, quase à posição das sete horas, está outra galáxia anular mais distante.

 
 
+ Notícias
 
 
grafitecom@gmail.com | (51) 3249.3700 – 99924.5300